aqui) e soube que voltaria a Samui, fiquei curiosa para ver como a ilha andava atualmente, que tipo de público atrai, e se as tais festas ainda aconteciam.

Já sabia que estaria muito diferente, mas não imaginava o quanto. Samui não tem mais um mochileiro sequer, e as festas psicodélicas deram lugar a muitos hotéis de luxo das melhores cadeias hoteleiras do planeta. Diria até, que hoje em dia, Samui é o paraíso do turismo de Wellness na Ásia.

O Hotel

Pois foi em um hotel desses que me hospedei, parte do grupo hoteleiro que arrebatou meu coração durante uma visita as Ilhas Maldivas em Julho de 2019. Me refiro ao Six Senses Hotels & Resorts, e o hotel em si, o delicioso Six Senses Samui.

O grupo dispensa apresentações, sendo conhecido mundialmente por seu conceito sustentável, de extremo bom gosto, zen e dono de alguns dos melhores resorts da atualidade. Os Six Senses Spas também dão o que falar, oferecendo um nível de tratamentos e atividades de cair o queixo.

O Six Senses Samui foi um dos primeiros hotéis do grupo e conta com 66 vilas, 59 delas com piscina privativa e vista para o Golfo da Tailândia. A propriedade conta ainda com piscina, biblioteca, um spa, dois restaurantes, dois bares e uma lojinha , que é puro charme. Conta ainda com uma pequena fazenda, de onde saem muitos dos ingredientes utilizados nas cozinhas do Six Senses Samui.

 

Localização

O Six Senses Samui fica localizado em uma península no Norte da ilha de Koh Samui, uma área com muito verde, praia (quase) privativa, e está a 6km de distância, ou 15 minutos de carro, do aeroporto de Samui.

Por estar localizado na ponta dessa pequena “ilha”, o  hotel dá uma impressão de estar um pouco isolado do burburinho de Samui, o que eu, particularmente, acho ótimo.

 

Os quartos

O hotel tem 6 categorias de vilas diferentes, todas com a mesma decoração linda característica dos hotéis do grupo. Fiquei hospedada (sozinha!!) numa Ocean View Pool Villa e confesso que não tinha vontade alguma de sair de lá de dentro. rs

Minha suíte tinha uma cama king, com área de estar adjacente e TV. O frigobar lotado de cervejas Singha era tentador, mas (já que estava lá a trabalho) tive de me contentar com os cafés da Nespresso e beliscos fornecidos pelo hotel.

O banheiro era enorme e contava com uma banheira (com vista para o mar) e um chuveiro ao ar livre. O closet era bastante espaçoso e tinha uma excelente daybed, daquelas que toda mulher ama (para organizar as roupas no começo e no fim da estadia).

Gastronomia

Premiado como o melhor restaurante de Samui, o Dining on the Rocks dita o nível da gastronomia do hotel, que é alto. O restaurante oferece cozinha contemporânea e utiliza o que há de mais fresco em matéria de ingredientes na ilha. Com técnica de culinária impecável aliada à uma fartura de peixes e crustáceos fresquíssimos, o jantar no Dining on the Rocks – sob o comando do Chef Executivo Sandro Teixeira – foi uma das melhores experiências gastronômicas que tive na Tailândia.

Fomos brindadas ainda com harmonização de vinhos, que incluía alguns bons rótulos Tailandeses – uma surpresa pra mim, pois não fazia idéia que o país produzia vinhos.

O competidor direto do Dining on the Rocks seria o Dining on the Hill, outro restaurante do hotel, que serve uma culinária tailandesa espetacular. O Hill é um all-day dining e serve café-da-manhã, almoço e jantar, e oferece também um menu continental e churrasco.

Nosso primeiro almoço no hotel estava excelente, com pratos muito bem elaborados e saborosos da culinária tailandesa (fotos abaixo).

Os bares Drinks on the Rocks e Drinks on the Hill dão suporte aos restaurantes de mesmo nome, e oferecem signature cocktails em belas localizações com vista para o mar.

 

O Spa

O Spa do Six Senses Samui tem uma das melhores vistas da propriedade, e uma localização privilegiada para se admirar o pôr-do-sol. O belo espaço abriga seis vilas para tratamento com chuveiros e banheiras.

Conta ainda com uma pavilhão para Yoga, serviço de manicure e pedicure, sala de meditação e saunas seca e a vapor. O spa tem como foco o “desestressar” do hóspede, e sou testemunha viva de que atinge seu objetivo com maestria.

 

Tratamentos

Tendo com diretora a especialista em cura energética, reiki, grafologia e meditação, Keerana Sripongpunkul (fotos abaixo), o spa oferece uma gama enorme de tratamentos.

Dentre eles, os highlights são:

Massagem Thai – a famosa técnica ancestral de massagem tailandesa, que inclui alongamento, desestressar pontos de pressão e massagem relaxante;

Zen Na Thai –  massagem terapêutica ancestral que foca na região abdominal, e ajuda na digestão e respiração. E ainda massagem de cabeça e couro cabeludo, que auxiliam na concentração.

Terapia Energética – uma massagem que envolve ativar os chakras com óleos terapêuticos e com os Singing Bowls Tibetanos. Ajuda a acalmar a mente e entrar em estado pré-meditativo.

 

Atividades que fizemos

Aula de culinária

Fizemos uma excelente aula de culinária no hotel. Em um formato diferente, mais descontraído, mas igualmente profissional e divertido. Aprendemos dentre outras coisas, que o povo Thai não tem o hábito de usar sal nas refeições (esta é uma das razões por serem magros).

A Chef Pim, e o Chef Executivo Sandro Teixeira, nos ensinaram 5 pratos diferentes da culinária tailandesa. A tão famosa green papaya salad, almôndegas de porco, peixe ao alho e açafrão, o delicioso pad Thai e uma salada ultra exótica de folha de bananeira.

Foi uma tarde deliciosa e de muito aprendizado. Kob Khun Ka, Chef Pim e Chef Sandro!

 

Aula de meditação e workshop de Singing Bowls Nepaleses

Nossa aula de meditação em movimento, e workshop de Singing Bowls Nepaleses foram as atividades mais bacanas que fizemos durante a viagem de Wellness na Tailândia.

Ministrada pela incrível Keerana Sripongpunkul , diretora de wellness do Six Senses Samui, aprendemos técnicas muito eficazes de relaxamento profundo. Os “bowls” são uma espécie de meditação de sons, que atua sobre o corpo e provoca relaxamento através das ondas sonoras. Indescritível.

Foi uma tarde absolutamente memorável. Poucas vezes senti tamanho bem-estar e paz interior. Kob Khun Ka, Keerana!

 

Massagens

Após a meditação e o workshop seguimos para uma massagem relaxante com óleos essenciais. A terapeuta, que era excelente, fez um escalda-pés antes de iniciar, e terminou com um toque no singing bowl nepalês. A massagem foi simplesmente perfeita. Sem dúvida, a melhor maneira de fechar nossa estadia em um hotel tão especial.

 

Six Senses Samui

Endereço: 9/10 Moo 5 Baan Plai Laem Bophut Koh Samui, Suratthani, Surat Thani 84320, Tailândia

Telefone: +66 77 245 678

Tarifas a partir de US$400

 www.sixsenses.com

@sixsensessamui 

Categoria FFTravels

*****

 

Localização no mapa

"/>
Tailândia

Six Senses Samui

Six Senses Samui

A primeira vez que fui a Koh Samui tinha 20 e poucos anos e viajava pela Ásia com uma mochila (enorme) nas costas. A Tailândia foi a minha primeira parada no continente, onde chegava para uma estadia de um ano dividido entre viagens e uma experiência profissional na hotelaria em Hong Kong.

Samui naquela época era o paraíso dos mochileros, e palco de festas épicas na praia, estilo luau, que terminavam com o sol já alto, e com os convivas desnorteados.

Quando recebi o convite para uma viagem a trabalho com o tema Wellness na Tailândia (para ler o artigo, clique aqui) e soube que voltaria a Samui, fiquei curiosa para ver como a ilha andava atualmente, que tipo de público atrai, e se as tais festas ainda aconteciam.

Já sabia que estaria muito diferente, mas não imaginava o quanto. Samui não tem mais um mochileiro sequer, e as festas psicodélicas deram lugar a muitos hotéis de luxo das melhores cadeias hoteleiras do planeta. Diria até, que hoje em dia, Samui é o paraíso do turismo de Wellness na Ásia.

O Hotel

Pois foi em um hotel desses que me hospedei, parte do grupo hoteleiro que arrebatou meu coração durante uma visita as Ilhas Maldivas em Julho de 2019. Me refiro ao Six Senses Hotels & Resorts, e o hotel em si, o delicioso Six Senses Samui.

O grupo dispensa apresentações, sendo conhecido mundialmente por seu conceito sustentável, de extremo bom gosto, zen e dono de alguns dos melhores resorts da atualidade. Os Six Senses Spas também dão o que falar, oferecendo um nível de tratamentos e atividades de cair o queixo.

O Six Senses Samui foi um dos primeiros hotéis do grupo e conta com 66 vilas, 59 delas com piscina privativa e vista para o Golfo da Tailândia. A propriedade conta ainda com piscina, biblioteca, um spa, dois restaurantes, dois bares e uma lojinha , que é puro charme. Conta ainda com uma pequena fazenda, de onde saem muitos dos ingredientes utilizados nas cozinhas do Six Senses Samui.

 

Localização

O Six Senses Samui fica localizado em uma península no Norte da ilha de Koh Samui, uma área com muito verde, praia (quase) privativa, e está a 6km de distância, ou 15 minutos de carro, do aeroporto de Samui.

Por estar localizado na ponta dessa pequena “ilha”, o  hotel dá uma impressão de estar um pouco isolado do burburinho de Samui, o que eu, particularmente, acho ótimo.

 

Os quartos

O hotel tem 6 categorias de vilas diferentes, todas com a mesma decoração linda característica dos hotéis do grupo. Fiquei hospedada (sozinha!!) numa Ocean View Pool Villa e confesso que não tinha vontade alguma de sair de lá de dentro. rs

Minha suíte tinha uma cama king, com área de estar adjacente e TV. O frigobar lotado de cervejas Singha era tentador, mas (já que estava lá a trabalho) tive de me contentar com os cafés da Nespresso e beliscos fornecidos pelo hotel.

O banheiro era enorme e contava com uma banheira (com vista para o mar) e um chuveiro ao ar livre. O closet era bastante espaçoso e tinha uma excelente daybed, daquelas que toda mulher ama (para organizar as roupas no começo e no fim da estadia).

Gastronomia

Premiado como o melhor restaurante de Samui, o Dining on the Rocks dita o nível da gastronomia do hotel, que é alto. O restaurante oferece cozinha contemporânea e utiliza o que há de mais fresco em matéria de ingredientes na ilha. Com técnica de culinária impecável aliada à uma fartura de peixes e crustáceos fresquíssimos, o jantar no Dining on the Rocks – sob o comando do Chef Executivo Sandro Teixeira – foi uma das melhores experiências gastronômicas que tive na Tailândia.

Fomos brindadas ainda com harmonização de vinhos, que incluía alguns bons rótulos Tailandeses – uma surpresa pra mim, pois não fazia idéia que o país produzia vinhos.

O competidor direto do Dining on the Rocks seria o Dining on the Hill, outro restaurante do hotel, que serve uma culinária tailandesa espetacular. O Hill é um all-day dining e serve café-da-manhã, almoço e jantar, e oferece também um menu continental e churrasco.

Nosso primeiro almoço no hotel estava excelente, com pratos muito bem elaborados e saborosos da culinária tailandesa (fotos abaixo).

Os bares Drinks on the Rocks e Drinks on the Hill dão suporte aos restaurantes de mesmo nome, e oferecem signature cocktails em belas localizações com vista para o mar.

 

O Spa

O Spa do Six Senses Samui tem uma das melhores vistas da propriedade, e uma localização privilegiada para se admirar o pôr-do-sol. O belo espaço abriga seis vilas para tratamento com chuveiros e banheiras.

Conta ainda com uma pavilhão para Yoga, serviço de manicure e pedicure, sala de meditação e saunas seca e a vapor. O spa tem como foco o “desestressar” do hóspede, e sou testemunha viva de que atinge seu objetivo com maestria.

 

Tratamentos

Tendo com diretora a especialista em cura energética, reiki, grafologia e meditação, Keerana Sripongpunkul (fotos abaixo), o spa oferece uma gama enorme de tratamentos.

Dentre eles, os highlights são:

Massagem Thai – a famosa técnica ancestral de massagem tailandesa, que inclui alongamento, desestressar pontos de pressão e massagem relaxante;

Zen Na Thai –  massagem terapêutica ancestral que foca na região abdominal, e ajuda na digestão e respiração. E ainda massagem de cabeça e couro cabeludo, que auxiliam na concentração.

Terapia Energética – uma massagem que envolve ativar os chakras com óleos terapêuticos e com os Singing Bowls Tibetanos. Ajuda a acalmar a mente e entrar em estado pré-meditativo.

 

Atividades que fizemos

Aula de culinária

Fizemos uma excelente aula de culinária no hotel. Em um formato diferente, mais descontraído, mas igualmente profissional e divertido. Aprendemos dentre outras coisas, que o povo Thai não tem o hábito de usar sal nas refeições (esta é uma das razões por serem magros).

A Chef Pim, e o Chef Executivo Sandro Teixeira, nos ensinaram 5 pratos diferentes da culinária tailandesa. A tão famosa green papaya salad, almôndegas de porco, peixe ao alho e açafrão, o delicioso pad Thai e uma salada ultra exótica de folha de bananeira.

Foi uma tarde deliciosa e de muito aprendizado. Kob Khun Ka, Chef Pim e Chef Sandro!

 

Aula de meditação e workshop de Singing Bowls Nepaleses

Nossa aula de meditação em movimento, e workshop de Singing Bowls Nepaleses foram as atividades mais bacanas que fizemos durante a viagem de Wellness na Tailândia.

Ministrada pela incrível Keerana Sripongpunkul , diretora de wellness do Six Senses Samui, aprendemos técnicas muito eficazes de relaxamento profundo. Os “bowls” são uma espécie de meditação de sons, que atua sobre o corpo e provoca relaxamento através das ondas sonoras. Indescritível.

Foi uma tarde absolutamente memorável. Poucas vezes senti tamanho bem-estar e paz interior. Kob Khun Ka, Keerana!

 

Massagens

Após a meditação e o workshop seguimos para uma massagem relaxante com óleos essenciais. A terapeuta, que era excelente, fez um escalda-pés antes de iniciar, e terminou com um toque no singing bowl nepalês. A massagem foi simplesmente perfeita. Sem dúvida, a melhor maneira de fechar nossa estadia em um hotel tão especial.

 

Six Senses Samui

Endereço: 9/10 Moo 5 Baan Plai Laem Bophut Koh Samui, Suratthani, Surat Thani 84320, Tailândia

Telefone: +66 77 245 678

Tarifas a partir de US$400

 www.sixsenses.com

@sixsensessamui 

Categoria FFTravels

*****

 

Localização no mapa

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *